terça-feira, 9 de novembro de 2010

Meu reino por uma calma

Liris Letieres

Há um Reino onde
As horas não passam
O amanhã nunca chega
Os moradores não têm unhas
Há mares de suco gástrico
Com um povo que leva no peito
Corações que batem na velocidade da luz
Povo que tem olhos de relógio.
O hino? Ouviram da Angústia!
Onde reinam incontáveis rainhas e reis
Príncipes e princesas
Soberanos de um reino
Que ninguém gostaria de habitar
Um Reino que não é far far away
Ele tá aqui...
Bem pertinho...
Dentro de mim e você!

3 comentários:

Leonardo disse...

Esta mulher..sei não! Quero um livro só seu, Liris!
Beijão!
Leo

Maria Muadiê disse...

o que mais me deixa louca é me afogar nos mares de suco gástrico.

Anônimo disse...

Não importa de que que reino...és e sempre serás uma rainha, Liris Letieres!
Seus súditos!